sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Amor de Perdição - Resenha 14

Boa Noite queridos e queridas..

Hoje eu venho falar de um livro que um amigo me recomendou ano passado.
Eu comentei que queria ler um romance, e ele me aconselhou a ler Amor de Perdição, disse que o livro era muito, muito bom mesmo. 

http://2.bp.blogspot.com/_GKvKSjPiG1k/TPEoVaxAbrI/AAAAAAAABhA/8BQQp86QppE/s1600/amordeperd.jpg

O começo do livro, eu confesso, que comecei a me arrepender de ter começado e quase o deixei de lado, é um tanto confuso o comecinho e eu não tava gostando.
Depois que peguei mesmo pra ler o livro, sem frescuras de "o começo é complicado" ou "não estou entendendo", eu comecei a amar o livro e não conseguia parar de ler.
Ele, no meu ponto de vista, se parece muito com Romeu e Julieta.

Simão Botelho e Tereza de Albuquerque se apaixonam, suas familias se odeiam e os jovens enamorados não podem ficar juntos. Durante um tempo eles conseguem manter um namoro as escondidas, só com trocas de olhares e promessas através das janelas. 
Simão decide estudar muito, e num futuro fugir com Tereza e casarem, ele parte pra Coibra pra estudar, mantendo um relacionamente por cartas.
Tadeu de Albuquerque, pai de Tereza, começa a perceber a aproximação da filha com a fámilia Botelho, flagra primeiro umas conversas de Tereza e Simão e depois uma conversa de Tereza e Rita, irmão caçula de Simão. Tadeu decide então casar a filha com o primo Baltasar Coutinho porém, ela apaixonada por Simão, recusa-se a casar, sendo mandada pra um convento. 
Porém, os apaixonados, ainda dão seu jeitinho de se corresponder, com a ajuda de uma mendinga e Mariana, filha de João da Cruz, apaixonada por Simão, Tadeu quando descobre decide trocar a filha de convento e nessa mudança Simão se encontra com o grupo e começa uma briga com o primo Baltasar, e acaba matando-o. Simão preso e Tereza no convente, Mariana procura estar sempre ao lado de Simão e o ajudar o quanto pode.
Mariana entende que seu amor nunca vai ser correspondido por Simão, este a considera uma irmã, mas procura estar sempre presente sem sair de seu lado nunca, até o final.

"Não receis nada por mim, Simão. Todos estes trabalhos me parecem leves, se os comparo aos que tens padecido de amor por mim. A desgraça não abala a minha firmeza, nem deve intimidar os teus projetos. São alguns dias de tempestade, e mais nada. Qualquer nova resolução que meu pai tome dir-te-eilogo, podendo, ou quando puder. A falta das minhas noticias deve atribui-las sempre ao impossivel. Ama-me assim desgraçada, porque me parece que os desgraçados são os que mais precisam de amor e de conforto. Vou ver se posso esquecer-me, dormindo. Como isto é triste, meu querido amigo!... Adeus".
Carta de Tereza para Simão, ja no convento.

E o final da história é um segredinho que terão que ler pra saber.
Enquanto eu lia eu ficava cada vez mais apaixonada pela história, e triste pela Mariana. Eu nunca tinha lido um livro da epoca do romantismo, e quando estudei isso achei que ia detestar todos aqueles exageiros que meu professor dizia ter.. Porém, eu amei de mais o livro e se puder quero ler mais livros desse autor e dessa epoca.. 
Eu  recomendo o livro e espero, quando tiver uma folga dos livros, que ainda tenho muitos pra ler, reler esse livro e viver toda aquela paixão proibida novamente

Beijos querido e Boa Noite.
__
Não percam a unha da semana amanha.. 
Boa Noiite <3

3 comentários:

  1. Oláa! Pois é, eu já tentei ler esse livro.. eu acabei desistindo :S
    Que bom que gostou ^^

    Supeer beijo

    http://estoulendoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Geralmente acontece isso de querer desistir do livro, principalmente com os romances mais antigos e menos tradicionais (como Romeu e Julieta). Aconteceu comigo lendo "O morro dos ventos uivantes". Não terminei D:

    Beijos,
    http://cantinadolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. jura? eu amei o morro dos ventos uivantes.. quase desisti, mais foi um presente de uma pessoa especial..
      Quem sabe faço uma resenha dele mais pra frente..

      Beijos, obrigada pela visitinha

      Excluir