quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Negro Amor - Resenha #17

Boa Noite queridos e queridas..

Oi gente, hoje eu vim falar do livro da nossa Parceira Camille Storch.
Como todos sabem o livro chegou dia 25 e eu terminei de ler dia 29. Sim e não foi porque eu li devagar não, o livro é super-rápido, não é cansativo e te deixa com a pulga atrás da orelha querendo saber como tudo isso vai se acabar. A resenha demorou porque fiquei sem internet. O que me deixou um pouco irritada, eu ia postar no dia mesmo que terminei de ler, mas infelizmente não deu.
Vamos então falar um pouquinho do livro, que eu gostei de mais e esperava uma continuçã >.<



Resenha:
Desde o primeiro capitulo nota-se que a história não é nada parecida com os livros que estamos acostumados a ler. No inicio nos deparamos com morte, ódio, amor, vingança, traição... São tantos sentimentos em um único capitulo que Frederick, pai de Niti e rei de Nottingshare, experimenta, na execução de um traidor do reino, sua esposa, a rainha Sally, se coloca em defesa do traidor e tenta, com todas as forças, que o rei não o mate. Entendendo isso como uma traição da própria rainha, seu amor, pretende mata-la também. Na hora em que o traidor é executado a rainha coloca-se a chorar e corre para tentar impedir e, o próprio rei acaba por mata-la com a espada em seu coração, e em lágrimas pergunta o “por quê?”, as últimas palavras dela são... “Ele era seu filho”... Niti, o herdeiro do trono, presencia a cena do pai tirando a espada do coração da mãe e é tomado por uma fúria e um ódio imenso, ele faz uma promessa de nunca mais perdoar o pai nem o reino, pois ninguém se colocou em defesa de sua mãe, que era uma mulher muito bondosa para todos.
É eu também fiquei boquiaberta com o inicio do capitulo, fiquei feliz e irritada de mais com o casal. Eles se conhecem no bosque do reino de Gottingheart, onde o tio de Tsuki é o rei, quando Niti foge de casa, pois descobriu que o mestre de magia queria mata-lo. A principio, acredito eu, Niti não gosta de Tsuki por ela estar sempre sorrindo, ao contrario do pequeno príncipe que só sabe ficar de cara feia pra tudo e todos. Eles são os opostos em absolutamente tudo.
O objetivo de Niti, quando ele sai de casa, é achar as inscrições mágicas e usa-la pra trazer sua mãe de volta e vingar-se do rei e, Tsuki fugindo de um casamento inesperado, indesejado e forçado vai atrás dele, também pelo afeto que começa a sentir pelo príncipe e por não querer perde-lo. Com o desenrolar da história eles se vê totalmente apaixonados um pelo outro, e como sempre Niti não da o braço a torcer, ele pra mim é muito cabeça dura, não quer admitir a paixão pela garota pois acha que depois de tanto ódio é incapaz de amar, o que ele descobre estar errado, o medo do garoto em perde-la é tão grande que em várias situações ele se coloca em perigo pra salva-la.
O que os jovens não sabem é que ambos, juntos, tem um destino já selado e que só cabe a eles aceitar ou não, tendo em mão o destino do mundo inteiro e das inscrições magicas que Niti tanto busca. No caminho eles se deparam com animais mágicos, com pessoas más que só querem feri-los e também com aqueles que conhecem a história das vidas passadas dos jovens, sim eles são reencarnações que no passado foram sacrificados para selar o esconderijo das inscrições magicas.
Conforme o caminho eles vão contar com a ajuda de seres mágicos, como o Pequenino, como Tsuki gosta de chama-lo, que é um vagalume que tem por obrigação protege-la, vão se deparar com provações e ensinamentos.
O livro não só nos faz viajar por um mundo diferente, na época de reis e rainhas e ensinamentos mágicos, como nos faz parar pra pensa em certas atitudes. Nos faz torcer pelo amor e para que o jovem príncipe deixe aparecer o amor, sério, em algumas partes eu fiquei com vontade de gritar com ele e falar meu Deus olha pra ela, abrace ela, faz alguma coisa.. hahaha
Eu espero, de verdade, que quem tiver a oportunidade de ler o livro, compra-lo, corra e adquira já o seu, é muito divertido o livro e muito emocionante..
Como todos sabem a blogueira que os escreve é uma manteiga derretida e chorou o livro inteiro, em uma parte do final principalmente.. haha

Bom, é isso, eu gostei de mais do livro e espero ter despertado a curiosa de vocês leitores. Espero que tenham a oportunidade de ler o livro, porque é muito bom mesmo, eu nunca li nada igual...

Beijinhos, Boa Noite e até mais...

5 comentários:

  1. Oi Naah!

    Muito boa resenha. Achei o livro bem interessante, um pouco trágico esse início, mas o desenrolar pareceu muito bom.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Naah!
    Conheci esse livro num outro blog e me encantei com o título!!! Parece trágico e marcante ao mesmo tempo, amei!
    Mas ainda nem conhecia sua sinopse, pelo menos nao me lembro, e, agora que eu sei, fiquei por de mais curiosa!

    ResponderExcluir
  3. Oi Naah.
    Adorei a resenha.fiquei super curiosa para lê-lo agora que pude saber um pouco mais ao seu respeito.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Então eu conheci o livro em um blog também e me interessei pelo livro, quando ele chegou e eu comecei a ler, me encantei.. Ele é super trágico, mas ao mesmo tempo é encantador, eu esperava uma continuação, mas pelo que percebi acabou por aqui mesmo.. =/
    Vale a pena ler o livro, é otimo
    Beijos meninas, obrigada pela visitinha

    ResponderExcluir
  5. Oi Naah!
    Fiquei muito feliz com sua resenha. Que bom que gostou.
    O Negro Amor não terá uma continuação, mas já tenho uma trilogia pronta para lançar em 2013. ^^
    Beijos
    Camille Storch
    http://camillestorch.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir