terça-feira, 27 de novembro de 2012

Poesia - Sonhos

Boa Noite queridos e queridas..

Na noite de hoje eu trago um poema...
O poema é sonhos de Eduardo Ruiz, do livro Violenta, que eu recebi da Editora Quatro Cantos.
Esse poema esta separado desde o dia em que recebi o livro para ser postado no blog, na verdade não sei ao certo o porque, só sei que ele me chamou muito a atenção, mexeu com algo aqui dentro e eu achei que deveria compartilhar com vocês. 
Não tenho muito o costume de ler poemas e poesias, mas pelo que andei lendo aqui e até textos de outros autores acho que vou adquirir mais livros do gênero. As vezes estamos passando por um momento na vida e alguns versos e estrofes mudam tudo ou explicam tudo o que não conseguimos.
Espero que gostem


Sonhos

Mas, meu amor
Desaprende os sonhos
Neles é fato que meu rastro mora
Meu cheiro insiste

Então
Quando descerem os sonhos
Manda-os embora
Co as mãos abanando 

Abandona o sonho, amor 
Senão
Amanhecerei sentado no seu colo



Beijinhos, espero que gostem e que ele mexa um pouquinho assim como mexeu comigo
Boa Noite...

4 comentários:

  1. Oi Naah, lindo poema! E de fato eles tem mesmo esse dom, te tocar e nos fazer ir além dos versos! Lindo post!

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Fran, sempre que passo no seu blog você da otimas dicas de livros de poesias..

      Beijos querida e obrigada pela visita

      Excluir
  2. Muito legal este poema!!!!!!!
    Aahahahahahaha eu quero este livro urgente!
    ~~ Acho que sou o unico que nunca leu um livro de poesias ~~
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriel estou com um exemplar pra sorteio mais ainda não sei muito bem como fazer..
      Eu aviso assim que for sortia-lo e fico feliz que tenha gostado

      beijos

      Excluir